A organização dentro do canteiro de obras é fundamental para que não haja desperdícios de materiais, de mão de obra e, principalmente, para que não ocorra falha dos profissionais da obra durante a execução do seu trabalho.

É dentro do canteiro de obras que a construção vai acontecer. Portanto, se o ambiente é bem planejado ele poderá proporcionar aos profissionais muitas facilidades e benefícios. Nós listamos alguns abaixo, confira!

[infográfico] 10 razões para escolher o Tijolo Cerâmico | Baixar Grátis | Cerâmica Lorenzetti

Tenha um planejamento

Com o projeto em mãos o primeiro passo é identificar qual será o espaço ideal para a construção do canteiro de obras. Lembre-se de ficar atento quanto aos itens requeridos nas normas regulamentadoras para construir os espaços que são obrigatórios e necessários.

Esse também é o momento de pensar como será organizada a logística dentro do canteiro de obras, ou seja, onde estará a entrada e saída dos caminhões, onde irá ocorrer o descarregamento dos materiais, onde eles serão armazenados e como será o trânsito tanto dos materiais quanto dos colaboradores.

Dentro do canteiro de obras serão armazenados os materiais necessários para a realização dos serviços. Instalações provisórias como depósitos, banheiros, alojamentos, escritório e, caso necessário, estande de vendas, mas tudo isso dependerá do tipo de obra que será executada.

Faça o layout do canteiro de obras

A estrutura do canteiro de obras também é extremamente importante, pois ela impacta diretamente no planejamento logístico. O layout deve permitir uma logística organizada para a realização de compras, entregas, armazenamento e circulação interna dos materiais e das pessoas. Tanto a localização quanto os corredores devem estar preparados para esse fluxo.

Um layout nada mais é do que um mapa de trabalho que permite reduzir movimentos desnecessários dos trabalhadores. Dessa forma, o colaborador demanda o mínimo de tempo possível para se deslocar e buscar materiais e equipamentos o que acaba garantindo maior produtividade.

Organize a documentação da obra

Para que uma construção seja legalizada é necessário providenciar uma série de documentos como registro ou matrícula do imóvel, alvará de construção, anotação de responsabilidade técnica (ART) dentre outros. Portanto, antes de iniciar a sua obra, é imprescindível verificar quais serão os documentos necessários.

Lembre-se que essa etapa começa bem antes da contratação da mão de obra e da compra dos materiais de construção. E, após regularizar toda documentação da sua obra deixe sempre uma cópia dos documentos em locais visíveis ou de fácil acesso.

Tenha um canteiro de obras limpo e organizado

Manter o canteiro de obras limpo e organizado é um grande desafio, mas adotando algumas práticas dentro da rotina diária é possível garantir tanto a saúde quanto a segurança dos trabalhadores. Deixe claro que a organização e limpeza é de responsabilidade de todos.

Criar uma rotina de limpeza no canteiro de obras, com dias e horários específicos, e adotar metodologias como o “5S” – senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de padronização e senso de disciplina, por exemplo, ajudam a tornar o ambiente de trabalho mais organizado, seguro e eficiente.

O envolvimento dos profissionais da obra e a conscientização de que cada material que não estiver em uso deve ser armazenado no seu respectivo espaço garante organização, e consequentemente aumenta a produtividade.

Planeje e administre os materiais e a obra

É essencial que você tenha um profissional específico para cuidar tanto do planejamento quanto da administração dos materiais dentro do canteiro de obras. Esse profissional será responsável por programar as compras necessárias em cada etapa da obra, dessa forma, é possível evitar compras em quantidades exageradas e estocagens desnecessárias.

Muitas empresas utilizam softwares para realizar o controle de seus estoques, dessa forma fica mais fácil acompanhar o giro dos materiais e otimizar o processo de conferência. Essa conferência digital traz mais eficiência para a empresa que poderá analisar quais são os materiais mais utilizados e em que fase do processo ocorre maior volume de perdas.

Usar os EPI’s

Os equipamentos de proteção individual (EPI’s) são obrigatórios. A construtora deve oferecer gratuitamente esses esquipamentos para os profissionais da obra, de acordo com a função exercida e do risco inerente a ela. Cabe também a construtora orientar e treinar seus colaboradores sobre o uso, armazenamento e conservação de cada um dos equipamentos.

Quer saber mais sobre EPIS? Veja quais são os mais usados dentro de um canteiro de obras.