A gestão da qualidade na construção civil tem se tornando cada vez mais essencial para as empresas que tem como objetivo gerar resultados satisfatórios, e principalmente se manterem competitivas no mercado.

As empresas que adotam essa metodologia garantem a melhoria contínua dos seus processos e conseguem alcançar resultados mais sustentáveis.

[infográfico] 10 benefícios em comprar com a Cerâmica Lorenzetti | Baixar gratuitamente

A importância da gestão da qualidade na construção civil

Em um mercado cada vez mais competitivo e exigente, os clientes estão mais conscientes de seus direitos e isso, consequentemente acaba demandando muito cuidado e precisão das construtoras na hora de executarem seus projetos.

A utilização dos padrões normativos associados às novas tecnologias são pontos fundamentais e que não podem ficar de fora de um bom planejamento.

O planejamento tem como objetivo acompanhar tudo que acontece dentro do canteiro de obras, ou seja, ele está presente desde a fiscalização dos trabalhadores e dos serviços que precisam ser executados até a entrega das chaves para o proprietário. Todo esse processo deve ser pautado no aumento da produtividade e redução tanto dos riscos quanto dos custos.

Para implantar corretamente um sistema de gestão da qualidade a empresa precisa seguir algumas exigências, mas a principal delas é elaborar um planejamento estratégico que compreenda 7 etapas essenciais:

  1. Definir as condições e exigências normativas que serão implantadas na empresa;
  2. Analisar e avaliar detalhadamente todos os processos de qualidade;
  3. Definir as prioridades que incluem capacitação dos profissionais e melhorias estruturais;
  4. Definir um planejamento base para execução do sistema de gestão da qualidade;
  5. Treinar, documentar e acompanhar o desenvolvimento do projeto;
  6. Averiguar se a implantação do sistema está sendo feita corretamente por meio de auditorias internas e externas;
  7. Planejar e garantir que as manutenções e revisões sejam feitas de forma continuada.

A implantação da gestão da qualidade na construção civil não é complexa, e pode ser feita tanto por equipes internas, ou seja, aquelas pessoas que são capacitadas pela própria empresa ou por meio de consultorias especializadas.

É importante destacar que o prazo de implantação pode variar bastante, pois dependerá da quantidade de colaboradores que a empresa possui, do número de obras que estão ativas, da localização dessas obras dentre outros fatores.

Benefícios da gestão da qualidade na construção civil

Diminuição dos custos e desperdícios

Investir em um sistema de gestão da qualidade na construção civil pode ser um pouco caro, mas deixará a sua empresa muito mais eficiente. A adoção dessa prática possibilita a identificação de todos os processos de produção e dos fluxos que englobam colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros.

Uma empresa que possui esse conhecimento certamente terá mais facilidade em detectar onde estão os gargalos da sua operação e evitar futuros erros. O produto que a empresa disponibiliza também passa a ser mais padronizado o que acaba gerando mais economia e controle dos desperdícios.

Aumento da produtividade

O setor da construção civil precisa atender diversas normas técnicas, e para que a empresa consiga aumentar a produtividade, é fundamental estabelecer um padrão na sua produção.

Como esse é um segmento que absorve vários profissionais, inclusive de baixa qualificação, é necessário contribuir para o desenvolvimento profissional desse colaborador.

Os procedimentos bem detalhados visam facilitar a vida do colaborador que consegue saber exatamente o que fazer, como fazer e quais são os recursos necessários, assim o retrabalho é minimizado. Na construção civil o retrabalho costuma originar altas despesas, pois é necessário readquirir o material além de remunerar o colaborador durante aquele processo de refação.

Controle de processos

Entender e controlar os processos da sua empresa é uma ótima forma de evitar falhas e atrasos no cronograma de uma obra.

É importante entender que todas as atividades realizadas dentro do canteiro estão interligadas e diante desse cenário criar rotinas e padronizar documentos se torna fundamental para diminuir problemas e otimizar a gestão da qualidade dentro do canteiro de obras.

Expansão de mercados

As empresas que desejam implantar a gestão da qualidade precisam se adequar às normas para conseguir suas certificações. Os requisitos técnicos são internacionais e isso faz com que a construtora aumente a sua credibilidade no mercado. Além de, claro, expandir a área de atuação.

Quando bem implantado e continuado o uso e aperfeiçoamento do sistema de gestão da qualidade na construção civil, tende a eliminar diversos problemas que as construtoras enfrentam, além de proporcionar redução de riscos, custos e gerar um cronograma mais realista.

Agora que você já sabe como a gestão da qualidade na construção civil pode ajudar o seu negócio, confira outras dicas no nosso blog!