Nos últimos anos o Brasil sofreu uma grande recessão econômica que impactou diretamente a construção civil, e consequentemente o faturamento da sua loja de materiais para construção. Com o aumento do desemprego, e a redução de investimentos na área muitas obras foram totalmente paralisadas.

Após três anos de quedas consecutivas, os números positivos voltaram a aparecer e trouxeram mais otimismo para o setor. Desde o segundo semestre de 2018 uma série de indicadores têm mostrado o reaquecimento do mercado principalmente na construção civil.

E, apesar das previsões indicarem sinal de recuperação para esse ano, alguns fatores podem contribuir, como por exemplo:

  • O aumento dos investimentos em obras de infraestrutura;
  • O restabelecimento do crédito e da confiança dos consumidores;
  • A desburocratização de processos visando agilidade e melhoria na realização de novos negócios;
  • A popularização das vendas realizadas pela loja de materiais para construção na web.

Analisar o mercado e projetar o futuro para a sua loja de materiais para construção pode parecer algo muito difícil, mas você pode acompanhar algumas tendências de mercado que separamos abaixo, e que podem te ajudar.

[e-book] Como fazer sua loja de materiais de construção vender mais | Baixe Gratuitamente | Cerâmica Lorenzetti

Tendências para 2019

E-commerce

O aumento do acesso aos canais digitais tem ajudado as empresas a reduzirem a sazonalidade nas vendas. Afinal de contas, os consumidores estão cada vez mais conectados, e se beneficiam da tecnologia para pesquisar, comparar preços e efetivar a sua compra.

Assim como em outros setores, essa é uma demanda de mercado que exige que a loja de materiais para construção integre sua loja física com as plataformas digitais.

Através do site da empresa é possível gerar um banco de contatos, e a partir daí manter uma comunicação mais próxima entre cliente e loja.

Essas informações podem contribuir para elaboração de estratégias de marketing e campanhas mais assertivas e efetivas, além de, estabelecer uma comunicação que corresponda ao perfil daquele cliente.

Tecnologia

Outro fator que deve ser considerado, é o investimento em tecnologia. A implementação de um sistema de gestão possibilita entender melhor as necessidades do seu cliente, e consequentemente impulsiona as vendas da sua loja de materiais para construção.

Esse sistema também pode te auxiliar no controle de estoque e no acompanhamento do giro de mercadorias, evitando assim a falta de produtos e até mesmo uma estocagem desnecessária. A comunicação entre os setores da empresa também se torna mais efetiva, pois eles ficaram interligados.

Todas essas integrações proporcionam redução de custos, otimização de processos e melhoria no controle das informações. Dessa forma, os gestores conseguem acompanhar e mensurar os resultados de todas as ações, além de ter subsídios para tomada de decisões de forma mais rápida e assertiva.

Inovação

O investimento em inovação será essencial para o segmento da construção civil nos próximos anos. A internet da coisas, que também é conhecia como IoT, Internet of Things chega para revolucionar o setor.

As empresas buscam continuamente reduzir custos e melhorar a eficiência, e a inovação é um instrumento poderoso para melhorar as operações dentro dos canteiros de obras e auxiliar na tomada de decisões.

A realidade aumentada é também uma forma diferente e interativa para apresentação dos projetos. Ela pode ser aplicada dentro da sua loja de materiais para construção para demonstrar a projeção da obra a partir da utilização de cada um dos materiais.

Essa é uma inovação que traz maior precisão nos projetos, e acaba promovendo uma gestão mais eficiente.

Sustentabilidade

O conceito de desenvolvimento sustentável também vem ganhado cada vez mais espaço. Visando atender melhor as necessidades humanas e controlar os recursos naturais de forma mais consciente todos os processos e produtos têm passado por reformulações.

Com as mudanças climáticas e a necessidade de conscientização e preservação dos recursos naturais, as empresas estão continuamente buscando alternativas sustentáveis para contribuir com os espaços urbanos.

Essa atitude acaba incentivando a inovação das técnicas e dos materiais construtivos onde o objetivo principal é manter o equilíbrio entre as pessoas e o meio ambiente.

O aumento do número de iniciativas eco-friendly visam minimizar o desperdício de água, oferecer maior eficiência energética, preservar os recursos naturais e oferecer para as pessoas um ambiente mais saudável e sustentável para viver e trabalhar.

Diante desse cenário é importante estabelecer parcerias com fornecedores que atendam essa tendência de mercado, que preste serviços de qualidade e que principalmente seja parceiro. Se você gostou dessas dicas, e quer saber como obter sucesso com bons fornecedores. Acesse o próximo artigo.