Os blocos cerâmicos foram uma das primeiras descobertas criativas do ser humano. Do tijolo arcaico aos blocos cerâmicos empregados atualmente na construção civil, o bloco para alvenaria estrutural significou um saldo em ganho de produtividade e redução de custos nos projetos de Arquitetura e Construção.

Obras mais baratas, mais seguras e com execução simplificada são alguns dos legados da evolução do tijolo.

Nesse post você vai conhecer a origem, entender melhor a história dos blocos cerâmicos e descobrir as vantagens que esses elementos oferecem para a construção civil. Vem ver:

Como surgiu o bloco cerâmico?

O “tijolo” marcou a existência de civilizações inteiras na Mesopotâmia, no Antigo Egito e no Império Romano, passando pela Europa até chegar à América.

Alvenaria

Há cerca de 15 mil anos Antes de Cristo, já corroborando com a Pirâmide de Maslow, que demonstra a prioridade das necessidades humanas, o homem deixou de se preocupar apenas com a sua subsistência (fome, sede, sono e sexo) e foi buscar segurança, elaborando “moradias” para usar como local de abrigo. Assim, surgiu a alvenaria com pedras.

Olaria

No processo evolutivo, após conseguir endurecer a argila no fogo, em torno de 4.000 a.C., o homem começou a moldar recipientes para guardar água e comida. Essa foi a origem da cerâmica.

Com o passar do tempo, a escassez de matérias primas, como rocha e madeira, motivou experiências e pesquisas que ampliaram o uso do barro e da argila na construção.

Aos poucos, as técnicas rudimentares de construção foram deixadas para trás, em função da busca por mais eficiência e praticidade, incentivando o desenvolvimento de novos recursos arquitetônicos.

Bloco Cerâmico

Progressivamente, os primeiros tijolos, que eram peças que pesavam aproximadamente 15 quilos cada, e que eram secadas ao Sol, foram sendo substituídos por elementos mais parecidos com os blocos cerâmicos que conhecemos hoje.

Só mais recentemente, em 1954, na cidade de Zurique, na Suíça, é que foi construído o primeiro edifício realmente “projetado”.  A partir de então, a Construção Civil não parou mais de crescer, com a aplicação de novas tecnologias e o desenvolvimento de novos materiais.

Aqui no Brasil, a alvenaria estrutural surgiu no século XIX, ganhando destaque inicialmente no Estado de São Paulo, e depois em Minas Gerais, até se expandir para todo o país.

Vantagens do bloco cerâmico na construção civil

O uso de blocos cerâmicos na construção civil oferece muitos benefícios a todos os envolvidos nos Projetos de Arquitetura, em obras de construção e ou reformas.

Consumidor / Proprietário do imóvel

Quem vai construir a sua casa, e também aqueles que estão ampliando ou reformando o seu imóvel, precisa ter a certeza do cumprimento do cronograma da obra. Além disso, concluir o projeto com o orçamento mais próximo possível do planejado é o desejo de todo proprietário.

Nesse sentido, o bloco ou tijolo cerâmico permite agilidade no andamento do projeto e gera uma economia no custo total da obra, em relação à alvenaria convencional, pois o uso de materiais como concreto, ferragens e madeira é menor. Desta forma, a despesa com a contratação de profissionais específicos, como carpinteiros e ferreiros, também diminui.

Profissional de Engenharia, Arquitetura e Interiores

Estar à frente do projeto que vai materializar o sonho de alguém é um ato desafiador e repleto de responsabilidades.

A utilização do bloco cerâmico permite a simplificação de alguns processos, como o detalhamento dos materiais.

Além disso, o tijolo cerâmico permite a execução do assentamento rapidamente e dispensa a inclusão de pilares e vigas ou quebradeira nas paredes, pois o encanamento e as instalações elétricas podem ser embutidos no tijolo durante a execução da alvenaria.

A gestão de equipe mais enxutas e a administração de canteiros de obras mais limpos e organizados, sem entulhos, facilita a supervisão da obra e permite que os profissionais de Engenharia, Arquitetura, Construção & Design de Interiores trabalhem mais tranquilos.

Construtoras

Associar a marca e a reputação de uma empresa a um projeto, vinculando a imagem da empresa à qualidade e durabilidade da construção, é sempre um risco.

Por isso, para as construtoras, é fundamental contar com o que há de mais moderno em materiais de construção para poder garantir segurança e credibilidade aos seus empreendimentos.

Os blocos cerâmicos diminuem o desperdício e prejuízo com material, são resistentes e proporcionam um acabamento com visual excelente.

O bloco cerâmico é apenas uma das muitas conquistas na área da Engenharia, Arquitetura, Construção e Design de Interiores. Esse mercado segue buscando novidades alinhadas à tendência de sustentabilidade e inovação.

Quando for construir ou reformar procure um produto confiável, uniforme e certificado pelo Programa Setorial da Qualidade dos Blocos Cerâmicos (PSQ) /Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade no Habitat (PBQP-H), para ficar tranquilo durante o andamento da obra e satisfeito com o resultado final.

Gostou desse artigo sobre bloco cerâmicos? Leia outros posts sobre recursos da Construção Civil no nosso blog.